Convenção da IUGA de 2012 não será em São Paulo

Originalmente postado em 23 de Dezembro de 2008

A IUGA ( International Urogynecological Association) é uma entidade médica que reúne médicos ginecologistas, urologistas, proctologistas e outros profissionais de saúde dedicados ao estudo do assoalho pélvico e suas duas funções primordiais – urinária e intestinal.

O assoalho pélvico é um conjunto de músculos, ligamentos e estruturas específicas como a uretra, bexiga, reto, ânus, etc. que nos “fecha” na parte de baixo do tronco, impedindo que todas as nossas vísceras “saiam” por baixo do orifício pélvico (um vazio no “anel” ósseo formado pelos ossos do púbis, a bacia e a coluna sacral).

O assunto é vasto e multidisciplinar, pois envolve a função urinária e a função intestinal. Doenças como a incontinência urinária, em todos os seus tipos, os prolapsos (queda dos órgãos, como o útero e a bexiga, através da vagina ou mesmo a saída de parte do intestino pelo ânus), problemas de evacuação, incontinência de fezes e gases, são bastante frequentes e têm a sua estimativa sub-avaliada pelo pudor das pessoas afetadas em comentar sobre isso.

A área é uma das que mais cresce na Medicina, com muitos estudos e progressos.

São Paulo, através do Núcleo Brasileiro de Uroginecologia, havia se candidatado a sediar a Convenção do ano de 2012. Perdeu por duas dezenas de votos para a Austrália, Brisbaine.

Houve um trabalho muito árduo nessa candidatura: são exigidos vários requisitos em termos de transporte, hotelaria, infra-estrutura e demais necessidades de uma convenção internacional com aproximadamente 5.000 participantes de todos os cantos do mundo. Não há lugar para amadorismos ou jeitinhos, a que o brasileiro, de forma geral, está tão acostumado.

O Núcleo vai reapresentar a candidatura para o ano de 2013.

Sobre o Autor
Dr. Homero Guidi
Dr. Homero Guidi